Themed
Desabafos...
“Só me fala que vai me aturar. Aturar todas as minhas crises de ciúmes, meus momentos - não tão raros - sem paciência, as minhas desconfianças e meus surtos de insegurança. Aturar meus dramas, minhas teimosias, minha arrogância, minhas piadas sem graça e o meu não-romantismo. Aturar todos os meus tipos de provocação, meu amor por outras pessoas, minhas mudanças inconstantes de humor e de temperamento. Aturar minha mente confusa, minha memória irritante, minha sinceridade exagerada. Aturar quando eu falar que te amo mais e também quando eu não falar que te amo. Aturar e segurar tudo não por mim, nem por você… Mas por nós.” — Tati Bernardi.
Não importa o quanto você é forte, o mundo vai te derrubar. Você vai colher o que plantar. Ninguém vai te machucar mais que a vida.
- Orange Is The New Black.  (via repouse)
As relações humanas são estranhas. Quer dizer, você passa um tempo com uma pessoa, comendo, dormindo, vivendo e amando, conversando com ela, indo aos lugares – e, um dia, tudo acaba.
- Charles Bukowski. (via animaleska)
Tinha um leve sorriso no rosto, como se guardasse um segredo em seu coração.
- Nicholas Sparks.  (via animaleska)
Me arrependo do que eu falei e do que eu deixei de falar. Do que eu fiz e do que eu deixei de fazer. De quem eu amei e não merecia, de quem eu me importei e não devia.
- Marcello Henrique.  (via animaleska)
Se eu pudesse te apagar da minha mente,
Apagaria agora,
Mas toda vez que eu me lembro de nós dois,
Meu coração sempre chora, e é sempre a mesma historia.
- Henrique e Juliano  (via animaleska)
Cuida bem. Observa os detalhes. Olhe nos olhos. Tente reparar no que ninguém repara. Acaricie as mãos. Leve uma flor num dia qualquer. Surpreenda. Ouça. Seja sincero. Amor se constrói na simplicidade. Hoje em dia, ele está tão raro porque não param pra notar que ele não tropeça nas grandes montanhas, e sim nas pequenas pedras.
- A Menina e o Violão.  (via animaleska)
E como eu ia saber? Se imaginasse que ia gostar de você assim, nem tinha passado perto. Andaria rápido, olhando pra baixo.
- Soulstripper  (via diadsol)
É que você é o meu lugar preferido. No choro ou no riso, eu quero acabar com a minha cabeça enterrada no seu abraço, em silêncio ou ouvindo suas mil histórias, não me importa: eu sei exatamente onde quero estar. Eu quero descansar meu cansaço mental e físico contigo, mas não quero te cansar, entende? É que você não enxerga, não acredita que eu vivo jogando tudo fora… Não sabe que eu, no fim das contas, nunca pedi por ninguém. A minha farsa era falar coisas bonitas, e só. E se hoje eu virasse as costas e deixasse tudo para trás, abandonaria a minha própria paz. Talvez nós jamais sejamos aqueles casais que se encontram nos fins de tarde para irem juntos para casa, muito menos aqueles que programam o sábado juntos. Mesmo assim, somos nós. Porque não nascemos para o comum dos outros. Não nascemos para enfeitar álbum de casamento. Nós nascemos para fugirmos e mandarmos um cartão-postal vez ou outra, da China ou de Nova Iorque, você decide. Não somos modelo, mas somos realidade. Você não sabe… Você nunca abre os olhos para ver.
- Camila Costa.  (via querido—john)
Sabe quando você compara seu choro a chuva, então, essa menina era inigual. Ela não chovia ela nevava.
- It is an iceberg? Not, Alaska.  (via rem3mber-when)
Eu chorei. Chorei muitas vezes. Ainda choro, pra ser sincero. Mas eu sempre supero.
- Allax Garcia.  (via sou-inseguro)
Vocês sabem, quando se passa muitas horas, muitos anos fingindo ser uma pessoa que não se é, bem, isso pode nos causar alguma coisa. Já é duro bastante tentar ser a gente mesmo. Pensem em tentar muito ser alguém que não se é. E depois ser outra pessoa que tampouco se é.
- Bukowski.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)